Contextos práticos e econômicos da Integração Lavoura Pecuária (ILP): Saiba como o uso da tecnologia pode ajudar no monitoramento rural para diversas finalidades.

Participe dos eventos do SustentAgro e contribua para a sustentabilidade Agropecuária.

O projeto SustentAgro executado pela Rede ILPF e financiado com recurso do Land Inno-vation Fund (LIF), atua no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás para levar sustentabilidade para a cadeia produtiva da soja por meio dos Sistemas de Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF).

Nos próximos 14 meses do Projeto, serão diversas ações para levar informação aos produtores rurais e profissionais do segmento com o objetivo de difundir a ILPF em diversos contextos, com foco em sustentabilidade e produtividade.

Como parte destas atividades está a Roda de Conversa e o Lançamento do aplicativo ILPF digital no próximo dia 11 de abril em Campo Grande MS.

Veja os detalhes do evento:

Roda de Conversa: “Integração Lavoura-Pecuária como uma alternativa sustentável”.

o Dr. Rodrigo Amorim Barbosa – Pesquisador da Embrapa Gado de Corte – Atua na área de avaliação de novos materiais forrageiros para melhoramento genético de gramíneas tropicais e na área de manejo de pastagens como foco em estratégias para aumentar a produtividade e a sustentabilidade dos sistemas de produção ani-mal em pasto.

o Dra. Mariana de Aragão Pereira – Pesquisadora da Embrapa Gado de Corte. Atua na área de Economia e Administração Rural, com ênfase em sistemas de produção e custos em pecuária de corte, sistemas integrados lavoura-pecuária-floresta

(SLFS), tomada de decisões, adoção e impacto de tecnologias e gestão agrícola, incluindo o desenvolvimento de ferramentas gerenciais.

o Dr. Edson Luis Bolfe – Pesquisador Embrapa Agricultura Digital. Atua em projetos de pesquisa envolvendo temas como a dinâmica de uso e cobertura das terras, senso-riamento remoto, mapeamento e monitoramento agrícola e ambiental.

o Dra. Margareth Simões – Pesquisadora da Embrapa Solos. Grande experiência em Geoinformática com ênfase em Sensoriamento Remoto, Análise Espacial, Ciência de Dados, Business Intelligence aplicado à agricultura digital, monitoramento/plane-jamento ambiental, Mudança de Uso da Terra (LUC) e Modelagem de Uso da Terra (LUM).

Lançamento do aplicativo ILPFdigital.

App ILPFdigital: Integrante da plataforma ILPFdigital o app é gratuito e foi concebido para mapear a adoção de sistemas ILPF nas mais diversas regiões produtoras do Brasil. Este App foi desenvolvido em parceria entre a Câmara de Agricultura Digital da Rede ILPF, Pro-jeto SustentAgro e GeoABC+ (Embrapa Solos). O público-alvo do app é formado de produ-tores, técnicos de agências de extensão rural, parceiros e profissionais das empresas As-sociadas da Rede ILPF.

A partir dos dados inseridos, os usuários do app podem otimizar a gestão da informação da produção por talhão, bem como contribuir para o mapeamento do avanço dos sistemas ILPF no país.

Os dados de campo coletados pelo aplicativo são imprescindíveis para o treinamento dos algoritmos de aprendizado de máquina da metodologia do GeoABC+.

Portal-web: Os dados agregados e anonimizados poderão ser disponibilizados no Portal-web, que estará dentro do site da Rede ILPF (em uma aba específica). Os gráficos, estatís-ticas e mapas contidos neste website poderá ser acessado pelos diversos setores da soci-edade civil organizada, produtores rurais, academia e pesquisa, imprensa, membros da Rede ILPF. Vai ser muito útil também para políticas públicas de Agricultura de Baixa Emis-são de Carbono (ABC) estaduais e federais, visto que será possível encontrar tendências das modalidades mais usadas, e o crescimento ou retração dos sistemas em determinada região/estado. Vale reforçar que os dados fornecidos por um produtor individualmente não poderão ser vistos pelo site, pois as informações do site estarão anonimizadas e agrega-das por município/estado, apresentadas por meio de mapas, gráficos e estatísticas.

Sobre ILPF

A ILPF é uma tecnologia de produção agropecuária com grande potencial de mitigação de emissões de gases de efeito estufa e sequestro de carbono pelo solo e biomassa, diversifi-cação de cultura e aumento da produtividade. A implementação dos sistemas ILPF varia de acordo com as características de cada região.

Atualmente o Brasil tem 17,4 milhões de hectares com algum tipo de integração de ILPF. Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, lideram a lista dos Estados com maior área de sistemas integrados. Veja aqui

Metas

A Rede ILPF tem o propósito de ampliar essa área para 35 milhões de hectares até 2030, além de diversificar os sistemas de produção e aumentar a representatividade do compo-nente florestal nesses sistemas.

Dessa forma, a ILPF irá contribuir para o alcance das metas apresentadas pelo Brasil em sua Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC) ao Acordo de Paris durante a COP21 e reforçadas pelo Programa ABC+ do MAPA e os compromissos assumidos na COP.

Sobre a Rede ILPF

A Associação Rede ILPF é uma parceria público privada formada e cofinanciada pelas em-presas Bradesco, Cocamar, John Deere, Minerva Foods, Soesp, Syngenta, Suzano, Timac Agro e pela Embrapa e tem como propósito contribuir para o aumento da produtividade de forma sustentável na agropecuária.

A Rede ILPF apoia uma rede com 16 Unidades de Referência Tecnológica (URT) e 12 Uni-dades de Referência Tecnológica e de Pesquisa (URTP), distribuídas entre os biomas bra-sileiros e envolvendo a participação de 22 Unidades de Pesquisa da Embrapa, além de de-senvolver projetos em diversos estados brasileiros.

Saiba mais www.redeilpr.org.br

Sobre o Land Innovation Fund

Um fundo de inovação criado para buscar soluções para um dos maiores desafios da atua-lidade: o desmatamento. Inicialmente financiado pela Cargill e administrado pela Chemo-nics International, a inciativa apoia o design, o desenvolvimento e a entrega de soluções inovadoras para uma agricultura sustentável e climaticamente inteligente, livre de desmata-mento e conversão de vegetação nativa em três dos biomas prioritários da América do Sul: o Cerrado, o Gran Chaco e a Amazônia.

Saiba mais https://www.landinnovation.fund/

Sobre o evento | 11 de abril, às 19h, Cocamar – Campo Grande, MS.

0 Comentário

Aberto o edital de chamada para seleção de Unidades de Disseminação de Tecnologia UDTs nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso Sul.

Este edital faz parte das ações do projeto SustentAgro: Programa de Inovação e Incentivo para a adoção dos Sistemas Integrados de Lavoura-Pecuária-Floresta na cadeia sustentável da soja em três Estados, executado pela Rede ILPF com recurso do Land Innovation Fund (LIF).

O SustentAgro terá dois anos de execução e está estruturado em três pilares:

1) monitorar diferentes sistemas de ILPF, com o desenvolvimento de um protocolo de uso da terra e práticas sustentáveis, criando um banco de dados de emissões de carbono e gases de efeito estufa para a cultura da soja e promover discussões e treinamentos sobre mecanismos financeiros e negócios verdes;

2) oficinas, treinamento técnico e atividades de transferência de tecnologia para técnicos e agricultores sobre ILPF e agricultura digital;

3) desenvolver uma plataforma integrada com dados de monitoramento e verificação das cadeias produtivas da soja, abrangendo parâmetros e requisitos de sustentabilidade, incluindo cálculos de inventário de carbono e gestão de produtos ESG.

O objetivo é promover a ILPF como estratégia para a sustentabilidade rural, integrando diferentes sistemas de produção em uma mesma área, visando aumentar a produtividade na cadeia da soja.

Além disso, serão instaladas áreas de sistemas integrados em 18 Unidades de Disseminação de Tecnologia (UDT) e 9 Unidades de Referência Tecnológica (URTs)

Inscrições aqui

0 Comentário

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar